Torcedores do Standard Liège podem ser punidos por bandeira provocadora

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 11:24 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - Os torcedores do time de futebol belga Standard Liège podem esperar sanções pesadas depois que uma enorme bandeira foi exibida na partida de domingo em casa contra o Anderlecht mostrando seu ex-capitão, que agora joga pelos arquirrivais, com a cabeça decepada.

A bandeira, erguida em um local de destaque atrás do gol, exibia a cabeça de Steven Defour sendo erguida por Jason Voorhees, o assassino em série da franquia de filmes de terror “Sexta-Feira 13”.

Defour foi do Standard para o Porto em 2011 e se transferiu para o Anderlecht em agosto passado, uma contratação de seis milhões de euros, recorde para o clube.

“Estamos trabalhando com a polícia para capturar tantos dos autores da bandeira quanto possível”, disse uma porta-voz do Ministério do Interior nesta segunda-feira.

Ela acrescentou que os indivíduos receberão multas de até cinco mil euros e que podem ser banidos dos estádios por até cinco anos.

Políticos também expressaram sua revolta com a exibição.

“O cartaz... foi de mau gosto, idiota e inaceitável”, tuitou o ministro belga das Relações Exteriores, Didier Reynders.

Ex-primeiro-ministro e torcedor do Standard Yves Leterme também manifestou sua decepção.

“O jogo entre Standard e Anderlecht foi arruinado por uma minoria de torcedores. Continuo sendo um torcedor, mas hoje sinto vergonha pela bandeira”, escreveu Leterme no Twitter.   Continuação...