Um quarto de projetos exclusivos dos Jogos de 2016 ainda não tem orçamento

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015 13:54 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Cerca de uma ano e meio antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, 25 por cento dos projetos voltados exclusivamente para o evento ainda não têm orçamento e prazo definidos, de acordo com a Autoridade Pública Olímpica (APO).

Balanço atualizado da Matriz de Responsabilidades dos Jogos Olímpicos, divulgado nesta quarta-feira, mostrou que 14 das 56 obras que serão realizadas apenas devido à realização da Olimpíada de 2016 ainda não foram orçadas.

Boa parte dos projetos ainda sem orçamento diz respeito a itens de instalação temporária, que estão previstos para serem contratados mais próximos da realização dos Jogos.

Os 42 projetos que já têm orçamento totalizam 6,6 bilhões de reais, que fazem parte de um orçamento total de quase 38 bilhões de reais para os Jogos Olímpicos, incluindo todas as obras de infraestrutura e logística e os custos do comitê organizador local.

A nova atualização da matriz trouxe um aumento de 100 milhões de reais, passando de 6,5 bilhões para 6,6 bilhões, e um avanço de 52 para 56 no número de projetos orçados.

“Vejo como muito bom os 75 por cento e não vejo como problema os outros 25 por cento, porque há obras que têm que ser licitadas mais tarde mesmo”, afirmou a jornalistas o presidente da APO, general Fernando Azevedo e Silva.

“Ao longo de um ano, a matriz mostrou avanços significativos na preparação dos Jogos, resultado do trabalho feito de forma integrada pelos entes governamentais”, acrescentou.

O chefe da APO destacou que os principais avanços ao longo de um ano aconteceram nas obras do Complexo Esportivo de Deodoro, que finalmente saíram do papel em 2014, e nos projetos de abastecimento de energia.

No entanto, há problemas no horizonte dos organizadores como a despoluição da Baía de Guanabara, onde acontecerão as provas de vela em 2016, e a construção do velódromo, que está atrasada.   Continuação...

 
Instalação em construção no Parque Olímpico dos Jogos Olímpicos Rio 2016. 19/12/2014 REUTERS/Pilar Olivares