Ferrari tem progresso rápido com novo carro de Fórmula 1

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015 20:50 BRST
 

(Reuters) - A Ferrari fez melhorias em todos os aspectos e o novo carro de Fórmula 1 da escuderia é agora “uma história completamente diferente” do modelo que decepcionou e passou em branco nas pistas no ano passado, disse Kimi Raikkonen nesta terça-feira.  

"O pacote completo está um tanto melhor de onde deixamos no ano passado. Melhoramos em todos os aspectos”, disse o campeão de 2007 após seu primeiro dia de testes no circuito de Jerez, no sul da Espanha. 

“Temos muitas coisas a fazer e coisas a melhorar, mas definitivamente esse é um início positivo e temos algo com o que trabalhar”, acrescentou o piloto finlandês.

A Ferrari não venceu nenhum grande prêmio no ano passado pela primeira vez desde 1993 e Raikkonen teve sua pior temporada desde que chegou à F1, terminando em 12o na classificação geral, sem ter chegado a um pódio sequer.

A equipe teve três diretores diferentes durante uma repaginação total na temporada passada. O último a chegar foi Maurizio Arrivabene, em novembro. Ele estabeleceu a meta mínima de duas vitórias em 2015. 

O tetracampeão Sebastian Vettel, da Alemanha, chegou à equipe no lugar do espanhol Fernando Alonso e foi o mais rápido nos primeiros dois dias de testes, embora os tempos sejam menos importantes do que as distâncias percorridas nesse estágio de preparação.

O brasileiro Felipe Nasr, que pilota uma Sauber com motor Ferrari, foi o mais rápido nos treinos desta terça. Raikkonen, que deu 92 voltas, equivalentes a 407 km, terminou o dia como segundo mais rápido.

Enquanto a Mercedes foi novamente a equipe que completou mais voltas, com Nico Rosberg percorrendo 151 nesta terça, o desempenho da Ferrari não passou despercebido pelos rivais. 

“Estamos de olho aberto na competição, especialmente a Ferrari tem aberto nossos olhos nos últimos dois dias”, disse o piloto alemão.

 
Ferrari testa carro com Raikkonen em Jerez. 03/02/2015.  REUTERS/Marcelo del Pozo