Gana vence Guiné Equatorial em jogo ofuscado por violência

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 20:35 BRST
 

MALABO (Reuters) - Cenas de violência ofuscaram a semifinal da Copa das Nações Africanas nesta quinta-feira, quando Gana alcançou a final com uma vitória por 3 x 0 sobre a anfitriã Guiné Equatorial em partida que foi interrompida por 34 minutos no fim do segundo tempo.

Parte da torcida invadiu o campo e o jogo foi paralisado a oito minutos do fim. Alguns procuraram refúgio atrás do gol depois que torcedores da casa atacaram os apoiadores de Gana e atiraram objetos em sua direção.

As forças de segurança dispararam gás lacrimogêneo e usaram um helicóptero para dispersar a multidão, quase esvaziando as arquibancadas antes que o jogo fosse finalmente concluído.

Um pênalti polêmico convertido por Jordan Ayew aos 42 minutos, que inicialmente provocou a violência, foi seguido por gols de Mubarak Wakaso e Andre Ayew.

A vitória levou Gana para a decisão de domingo contra a Costa do Marfim.

(Reportagem de Mark Gleeson)

 
Helicóptero da polícia sobrevoa gramado enquanto torcedores da Guiné Equatorial jogam objetos durante semifinal da Copa das Nações Africanas contra Gana, em Malabo, nesta quinta-feira. 05/02/2015 REUTERS/Amr Abdallah Dalsh