ENTREVISTA-Ex-secretário técnico do Barça vê luta por poder como causa de demissão

domingo, 8 de fevereiro de 2015 13:41 BRST
 

Por Tim Hanlon

BARCELONA (Reuters) - O ex-secretário técnico do Barcelona Alberto Valentin culpou a ambição pelo poder dentro do clube por sua demissão e a do diretor esportivo Andoni Zubizarreta, e afirmou que está à procura de novos desafios desde que longe da panela de pressão que é o futebol espanhol. 

Zubizarreta e seu assistente Valentin, que supervisionava a equipe de olheiros, foram demitidos do Barça no último mês como consequência da punição anunciada pela Fifa, que proibiu o clube azul-grená de trazer novos jogadores pelas próximas duas janelas de transferência depois que o Barcelona infringiu leis na contratação de estrangeiros com menos de 18 anos.

Pesaram também as críticas da torcida após contratações ruins e depois que ficou claro o envolvimento dele e de Zubizarreta na escandalosa contratação de Neymar, cujo custo real ainda não é conhecido.

"Eu não dei nenhuma entrevista para a imprensa aqui (na Espanha), pois acho que eles não têm nos tratado da forma devida. Eu quero agora continuar meu trabalho em um ambiente diferente do ambiente aqui na Espanha", disse Valentin à Reuters.

"Eu li as reportagens dizendo que estou indo para o Liverpool, mas na verdade não falei com ninguém", disse.

"O problema no Barcelona é que lá sempre há uma grande luta pelo poder", acrescentou.

"O diretor esportivo, que é aquele cujo trabalho é resolver as crises, costuma ser a primeira pessoa para a qual todo mundo olha quando tem algum problema", disse. "Zubizarreta estava sempre querendo conciliar as coisas, mas ficou cansado da situação." 

Valentin sentiu que Zubizarreta estava isolado e sozinho na crise da janela de transferências. "O erro na contratação de jovens jogadores foi enorme. Eu quero acrescentar, no entanto, que esses erros acontecem quando você lida com centenas de crianças e jovens e isso também acontece em outros clubes também", disse Valentin.   Continuação...