Multidão recepciona seleção da Costa do Marfim para comemorar título africano

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 16:39 BRST
 

ABIDJAN (Reuters) - Centenas de milhares de torcedores no aeroporto e nas ruas de Abidjan, capital comercial da Costa do Marfim, deram as boas-vindas à seleção de futebol nesta segunda-feira, dia seguinte à conquista do título da Copa Africana de Nações na Guiné Equatorial.

A nação do oeste africano conquistou seu primeiro troféu na competição em quase um quarto de século ao derrotar a vizinha Gana por 9 x 8 em uma disputa de pênaltis dramática após uma prorrogação que terminou em um empate sem gols.

Os torcedores, que viram a seleção dos Elefantes, como é chamada, perder duas copas em uma década durante a qual o país mergulhou no caos político e em duas guerras civis, tomaram as ruas após a vitória e festejaram durante boa parte da noite.

“Esta copa nos traz paz. Os políticos precisam ser como os jogadores. Precisam ser unidos e criar paz para nós, seu povo!”, disse o torcedor Bakary Diomande.

O presidente marfinense, Alassane Ouattara, que passou em uma carreata pela multidão em júbilo na noite de domingo, decretou feriado nesta segunda-feira e conclamou todos os cidadãos a ir ao estádio nacional mostrar sua gratidão ao time.

“É maravilhoso. Tivemos uma seleção fantástica e um técnico sem igual... o povo marfinense está orgulhoso”, declarou Ouattara após o triunfo.

 
Marfinenses comemoram conquista da Copa Africana de Nações.   REUTERS/Luc Gnago