Técnico Ancelotti apoia Cristiano Ronaldo após críticas sobre festa

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015 11:43 BRST
 

MADRID (Reuters) - O técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, rejeitou críticas feitas a Cristiano Ronaldo e a colegas de equipe devido à festa de aniversário de 30 anos do capitão do time, que aconteceu horas depois da derrota por 4 x 0 para o Atlético de Madri no último fim de semana.

Ronaldo e jogadores como James Rodríguez, Pepe, Marcelo e Sami Khedira foram amplamente criticados após o vazamento de fotos da festa na mídia.

Ancelotti disse que o profissionalismo dos jogadores não pode ser questionado e que está confiante que o time líder do Campeonato Espanhol vai logo retornar à forma ideal, começando no jogo deste sábado, em casa, contra o Deportivo La Coruña.

"Eu nunca dei opinião sobre a vida pessoal dos jogadores, e não vou começar hoje", disse o técnico italiano.

"Meu trabalho é avaliar o profissionalismo dos jogadores, e sobre isso não tenho dúvidas. Não existe falta de motivação", acrescentou.

Ancelotti reconheceu que os atuais campeões mundiais e europeus perderam intensidade e foco depois que o recorde de 22 vitórias seguidas chegou ao fim, no último mês, após a derrota contra o Valencia.

O técnico disse que tem muito tempo para os jogadores mudarem as coisas e espera ver uma melhora contra o Deportivo e nas oitavas de final da Liga dos Campeões, na quarta-feira, contra o Schalke 04.

"Nós todos ficamos frustrados após a partida (contra o Atlético), mas é uma motivação para tentar melhorar. Algumas vezes as críticas são úteis para gerar reações positivas", disse Ancelotti.

O técnico, que tem vários titulares lesionados, incluindo Rodríguez, Luka Modrić, Sami Khedira e Sergio Ramos, disse que vai escalar no sábado basicamente o mesmo time que jogou contra o Atlético.   Continuação...

 
Técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, e Cristiano Ronaldo em partida do time. 24/01/2015 REUTERS/Marcelo del Pozo