Usain Bolt anuncia que vai se aposentar após Mundial de 2017

sábado, 14 de fevereiro de 2015 11:29 BRST
 

(Reuters) - O multicampeão olímpico e recordista mundial Usain Bolt, da Jamaica, anunciou que vai se aposentar depois do Mundial de Atletismo de 2017, em Londres, disse o atleta ao jornal britânico The Daily Mail.

O velocista de 28 anos tinha previamente dado a entender que os Jogos Olímpicos no Rio em 2016 seriam sua última competição, mas compromissos com patrocinadores o farão continuar até 2017, quando ele disputará apenas os 100 m rasos.

“Esse era o plano inicial (parar após a Olimpíada)”, disse o atleta ao jornal The Daily Mail deste sábado. “Mas meu patrocinador pediu para que eu continue por mais um ano, para 2017 e Londres. Mas eu vou correr apenas os 100 m.”

“Já conversei com meu técnico. Posso me concentrar nisso e me aposentar com uma vitória”, acrescentou.

Bolt detém o recorde mundial dos 100 m rasos, com 9s58, dos 200 m rasos, com 19s19, e do revezamento 4x100 m rasos, com 36s84. Ele também falou sobre a sua tentativa de quebrar essas marcas em 2015.

A temporada desde ano terá como ápice o Mundial de Pequim, de 22 a 30 de agosto, onde ele tentará aumentar a sua coleção de oito ouros em Mundiais e quebrar o recorde dos 100 m, estabelecido há seis anos em Berlim.

“Se tudo correr bem nesta temporada, na minha vida nada é impossível. Se eu estiver em boa forma, deve ser uma ótima temporada”, afirmou. “Eu vivo para competir. Eu melhoro quando há competição. Eu vivo para competir com os melhores. É muito bom quando você vence o melhor.”

(Reportagem de Tom Hayward)