Espanyol e Osasuna negam acusações de manipulação de resultados

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015 16:16 BRST
 

MADRI (Reuters) - O Espanyol e o Osasuna negaram irregularidades depois que a imprensa reportou que a partida entre ambas as equipes no fim da última temporada do Campeonato Espanhol da temporada passada estava sendo investigada por suposta manipulação de resultado.

O jogo disputado no estádio do Espanyol na penúltima rodada terminou empatado em 1 x 1, com o Espanyol abrindo o placar aos 21 minutos e o Osasuna empatando no final do primeiro tempo.

Relatos afirmam que os dois times teriam concordado em empatar a partida previamente. O Osasuna acabou sendo rebaixado, apesar de ter vencido o Real Bétis em casa na última rodada, enquanto o Espanyol ficou a uma posição da zona de rebaixamento, depois de perder na última rodada para o Real Madrid por 3 x 1.

"Queremos deixar absolutamente claro que o RCD Espanyol de Barcelona não tomou parte em nenhuma manipulação de resultado ou qualquer irregularidade", disse o vice-presidente do Espanyol, Rafael Entrena, em nota no site do clube (www.rcdespanyol.com) nesta terça.

"Defendemos a pureza e a esportividade da competição, agora e sempre", acrescentou.

"O RCD Espanyol vai colaborar ativamente e decisivamente, tanto com os promotores quanto com as autoridades esportivas, para levar as investigações deste fato a uma conclusão... E se a investigação mostrar que alguém cometeu alguma irregularidade, eles terão de enfrentar as consequências."

O presidente do Osasuna, Luiz Sabalza, que não estava no comando do clube na época da partida, disse em entrevista coletiva nesta terça que o clube "não está ciente de que partidas tenham sido compradas".

"O Osasuna não teve nenhum benefício, porque a equipe foi rebaixada", acrescentou.

(Reportagem de Iain Rogers)