Fonte de Roma é danificada por torcedores holandeses bêbados

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015 15:01 BRST
 

Por Gillian Hazell

ROMA (Reuters) - Torcedores de futebol holandeses bêbados causaram um estrago “permanente” em uma fonte de Roma de 500 anos, disse uma especialista nesta sexta-feira, em consequência de uma algazarra que o prefeito da cidade atribuiu a “vândalos”.

A Barcaccia, uma fonte em forma de barco no sopé das Escadarias Espanholas, ficou lascada após ser atingida por garrafas de cerveja e chutada por torcedores do Feyenoord, time de Roterdã, antes de uma partida da Liga Europa contra a Roma, na quinta-feira.

A polícia disparou gás lacrimogêneo para dispersar centenas de torcedores e deteve 23 deles. Seis outros foram presos mais tarde por causarem ferimentos, resistirem à prisão e insultarem autoridades públicas, disse uma fonte do judiciário nesta sexta-feira.

O dano à fonte barroca de Pietro Bernini, escultor de muitas das maiores obras de Roma, foi sério, afirmou Anna Maria Ceroni, responsável local de restaurações, ao jornal Corriere della Sera.

“A extensão do dano ainda precisa ser determinada, mas é permanente”, disse.

O prefeito Ignazio Marino declarou ao diário La Repubblica: “Estes cafajestes, estes falsos torcedores, vândalos, sujaram e danificaram” a fonte.

O diretor-geral do Feyenoord, Eric Gudde, disse estar envergonhado pelo “comportamento de um grupo de pessoas ignorantes das quais o Feyenoord se distancia completamente e que enche qualquer holandês sensato de horror”.

A embaixada da Holanda prometeu cooperar com a Itália para apreender os infratores.

 
Torcedores do Feyenoord perto da "Barcaccia", em Roma. 19/02/2015 REUTERS/Yara Nardi