Clubes europeus ainda esperam que Copa de 2022 no Catar seja em maio

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015 18:30 BRT
 

Por Brian Homewood

BERNA (Reuters) - Os clubes europeus ainda têm esperanças de persuadir a Fifa a organizar a Copa do Mundo de 2022 no Catar em maio, no lugar de nos últimos meses do ano.

Uma força tarefa da Fifa, estabelecida para determinar a melhor época do ano para a realização do torneio, vai se reunir por uma terceira e última vez em Doha na terça-feira, quando deve fazer uma recomendação ao comitê-executivo da Fifa.

Com base em tal recomendação, a decisão final sobre a longa pendenga deve ser tomada em Zurique, no dia 20 de março.

Após a reunião anterior da força tarefa, em novembro, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, disse que os meses de janeiro e fevereiro ou novembro e dezembro de 2022 eram os favoritos.

No entanto, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse neste mês que havia recebido a garantia do presidente da Fifa, Joseph Blatter, de que o Mundial não coincidiria com as Olimpíadas de Inverno de 2022.

Na prática, isso eliminaria a opção de janeiro e fevereiro, deixando novembro e dezembro como única escolha.

Mas a Associação de Clubes Europeus (ACE) disse acreditar que o mês de maio ainda esteja em consideração.

“Nossa posição continua realmente inalterada”, disse o porta-voz da ACE à Reuters.

“Temos elaborado a proposta com a EPFL (sigla em inglês para as Ligas de Futebol Profissional da Europa), que nosso representante vai apresentar à força tarefa amanhã. Queremos que seja seriamente discutida”, afirmou ele.

“Estamos surpresos pelos relatos dizendo que há um acordo. Não estamos cientes”, acrescentou.