Força-tarefa da Fifa recomenda Copa do Mundo mais curta em novembro e dezembro de 2022 no Catar

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 08:54 BRT
 

Por Amena Bakr

DOHA (Reuters) - A força-tarefa da Fifa recomendou a realização de um torneio mais curto após analisar as opções de datas para Copa do Mundo do Catar, que deve acontecer nos meses mais frescos de novembro e dezembro de 2022.

O presidente da Confederação Asiática de Futebol, xeique Salman bin Ebrahim Al-Khalifa, disse a repórteres em Doha, nesta terça-feira, que a data proposta será apresentada em encontro do comitê-executivo da Fifa no próximo mês, onde espera-se que a recomendação seja ratificada.

"Algumas pessoas têm preocupações, mas seja qual for a decisão que se tome, sempre haverá questionamentos", disse o xeique Salman após encontro com a força-tarefa.

"Mas... nós precisamos analisar o benefício geral para todos", completou. O encontro com a força-tarefa durou cerca de uma hora, terminando antes do que era esperado pelos organizadores.

Não existem planos para reduzir o tamanho do torneio de 32 times ou 64 partidas, mas a competição vai ser reduzida em dias.

Em comunicado, a Fifa disse que os integrantes da força-tarefa viram a opção de novembro-dezembro como o "período mais viável" para o evento.

O grupo também estuda a opção de fazer a Copa das Confederações -tradicionalmente um teste para a Copa do Mundo- em outro país da confederação asiática durante o período de junho-julho, e então usar o Mundial de Clubes da Fifa como um teste operacional para o Mundial Catar em novembro-dezembro de 2021, disse a Fifa.

Durante o encontro desta terça-feira, diversas opções foram exploradas, incluindo a possibilidade de adiar a Copa para o começo de 2023, disse o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, a repórteres.   Continuação...

 
Dirigentes do comitê organizador da Copa do Mundo de 2022 no Qatar em frente uma maquete de estádio para o mundial. 21/06/2014 REUTERS/Mohammed Dabbous