Prefeito do Rio diz que vai pedir a grandes empresas que concedam férias durante Olimpíada

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 14:20 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse nesta terça-feira que vai pedir a grandes empresas empregadoras da cidade, como a Petrobras e o BNDES, que concedam férias aos funcionários durante o período dos Jogos Olímpicos de 2016 para facilitar o deslocamento de delegações e turistas.

A exemplo do que ocorreu em dias de jogos da Copa do Mundo do ano passado, a prefeitura também vai decretar feriado em algumas datas durante a Olimpíada, além de remanejar as férias escolares para coincidirem com o evento, na tentativa de reduzir possíveis congestionamentos.

O prefeito pretende convocar no mês que vem representantes das empresas para tentar viabilizar a proposta de férias.

"Devo chamar ainda em março uma reunião com o Poder Judiciário e grandes empresas, como Petrobras e BNDES, e outros grandes empregadores do Rio, para que a gente possa ter no período das Olimpíadas um período de férias", disse Paes a repórteres.

"Não quero que as pessoas saiam da cidade, queremos que fiquem, mas é óbvio que a mobilidade vai estar muito afetada pela Olimpíada", acrescentou.

Sobre os feriados municipais, Paes disse que a escolha das datas vai depender do apelo e ou do impacto das provas na cidade. "Se mudar a rotina, pode ser que decretemos feriado", disse.

A Olimpíada será realizada de 5 a 21 de agosto.

(Por Rodrigo Viga Gaier)