Argentino Gareca assume seleção do Peru e diz que ir à Copa "não é impossível"

segunda-feira, 2 de março de 2015 18:12 BRT
 

LIMA (Reuters) - O argentino Ricardo Gareca foi apresentado nesta segunda-feira como novo técnico da seleção peruana, e disse que aceitou o desafio "duro, mas não impossível" de levar a equipe aos primeiros lugares na Copa América de 2015 e na eliminatória para o Mundial de 2018.

Gareca, demitido do Palmeiras no ano passado, volta ao Peru, onde dirigiu o Universitário de Deportes em 2007.

Essa será a primeira seleção comandada por Gareca, que, quando era jogador, marcou contra o Peru o gol da classificação da Argentina para o Mundial de 1986. Esse gol também pôs fim ao sonho da equipe inca de jogar a Copa no México, onde os argentinos saíram campeões.

"Aceito este desafio, sabendo que nos espera uma tarefa dura, complicada, mas não impossível", afirmou Gareca durante apresentação na Federação Peruana de Futebol.

"Nada é impossível quando se acredita. E eu acredito no jogador peruano, por isso estou sentado aqui e aceitei o cargo da seleção peruana”, completou.

Semanas atrás Gareca rejeitou uma oferta para ser técnico da seleção da Costa Rica.

Na Copa América, que será disputada no Chile de 11 de junho a 4 de julho, o Peru estará no Grupo C junto com Brasil, Colômbia e Venezuela.

A seleção peruana não participa de um Mundial desde 1982.

(Reportagem de Teresa Céspedes)

 
Técnico argentino Ricardo Gareca é apresentado como novo técnico do Peru. 02/03/2015 REUTERS/Enrique Castro-Mendivil