Coreia do Norte deve reabrir inscrições de maratona para corredores estrangeiros

quinta-feira, 5 de março de 2015 12:11 BRT
 

Por James Pearson

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte deve reabrir as inscrições de uma maratona internacional para corredores de fora do país agora que pôs fim a uma proibição à entrada de estrangeiros por medo do vírus do Ebola, informaram agências de turismo nesta quinta-feira.

Anteriormente as autoridades norte-coreanas haivam ditos às empresas especializadas em visitas à nação isolada que os competidores estrangeiros não teriam mais permissão de participar da maratona marcada para abril na capital, Pyongyang.

O país fechou suas fronteiras a turistas do exterior em outubro passado por medo de que o Ebola pudesse se disseminar e impôs uma quarentena de 21 dias – o tempo de incubação da doença – a agentes de saúde e diplomatas estrangeiros, que receberam ordens de ficarem confinados nas embaixadas. A proibição foi suspensa para a maioria dos visitantes nesta semana.

“Falei com nossos parceiros norte-coreanos hoje de manhã, e eles disseram estar conversando com o comitê da maratona sobre a reabertura do evento para corredores estrangeiros”, declarou Troy Collings, gerente da empresa de turismo Young Pioneer Tours, sediada na China, à Reuters.

“Parece provável que poderemos trazer nossos grupos para participarem da corrida como planejado. Ainda estamos aguardado a confirmação definitiva, que deve vir em alguns dias”, disse.

Andrea Lee, diretora-executiva da norte-americana Uri Tours, disse que sua empresa recebeu informações semelhantes.

Com sede na China, a Koryo Tours, que se especializa em viagens à Coreia do Norte, declarou à Reuters estar no processo de contactar turistas que se inscreveram para a prova e reagendar suas viagens.

 
Foto de divulgação da agência oficial norte-coreana KCNA mostra corredores na Maratona de Pyongyang. REUTERS/Divulgação 14/04/2013