March 10, 2015 / 11:59 AM / 2 years ago

Astros do esporte na França morrem em acidente de helicóptero na Argentina

4 Min, DE LEITURA

Foto de arquivo da nadadora francesa Camille Muffat, morta em acidente de helicóptero na Argentina. 31/07/2013Michael Dalder

BUENOS AIRES/PARIS (Reuters) - Três astros do esporte francês --a nadadora olímpica Camille Muffat, a velejadora Florence Arthaud e o boxeador Alexis Vastine-- estão entre as dez pessoas que morreram quando dois helicópteros colidiram na Argentina na segunda-feira, durante as gravações de um programa reality show.

As autoridades disseram que ainda não está claro o que causou o acidente na província ocidental de La Rioja, perto das montanhas dos Andes.

"A morte repentina de nossos companheiros e cidadãos franceses é motivo de grande tristeza", afirmou um comunicado do gabinete do presidente francês, François Hollande.

Segundo as autoridades, dois pilotos e vários membros da empresa de produção da ALP TV que participavam das filmagens do programa de aventura "Dropped", para a emissora de TV privada francesa TF1, estão entre os mortos.

"Todo o esporte francês está de luto porque perdemos três enormes campeões", afirmou o ministro-adjunto do Esporte, Cidade e Juventude, Thierry Braillard, à rádio RTL.

"Florence Arthaud, todos nós a conhecíamos como a noiva do Atlântico”, disse ele, referindo-se a um apelido que ela ganhou em razão de suas muitas viagens ousadas, incluindo um recorde de 1990, da travessia solitária mais rápido desse oceano.

A TF1 emitiu uma declaração expressando solidariedade às famílias das vítimas. A imprensa francesa informou que a filmagem foi suspensa e a equipe e outros participantes estavam voltando para a França.

"No momento, não temos detalhes sobre as circunstâncias", disse o executivo-chefe da TF1, Nonce Paolini. "Tudo o que posso dizer por ora é que estamos em total estado de choque."

"Dropped" envolve competidores deixados no deserto e tendo de usar suas habilidades para encontrar o caminho de volta à civilização.

A colisão foi a segunda tragédia em dois anos em um reality show produzido pela ALP para TF1.

Em abril de 2013, o médico encarregado de cuidar dos concorrentes da prova de resistência de longa duração Koh-Lanta cometeu suicídio depois que um dos participantes se queixou de dores no coração após um dos testes e, em seguida, morreu.

Florence, 57 anos, foi uma das primeiras mulheres a conquistar um  lugar no topo das competições de vela.

Ela correu risco de morrer em 2011, quando caiu do barco no Mediterrâneo, mas telefonou para a mãe do celular e uma equipe de resgate a socorreu.

Camille, 25, ganhou o ouro nos 400 metros de nado livre nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e  Vastine, 28, levou o bronze em Pequim, 2008.

"Estou triste por meus amigos, estou tremendo, estou horrorizado, não consigo encontrar palavras", tuitou Sylvain Wiltord, ex-jogador de futebol do Arsenal, clube da Primeira Liga inglesa e integrante do elenco do programa.

Entre as vítimas estão os dois pilotos, disse aos jornalistas o chefe de segurança de La Rioja, César Angulo. "Não houve sobreviventes, de acordo com as informações que temos", afirmou.

A agência de notícias oficial da Argentina, a Telam, informou que um dos helicópteros pertencia ao governo provincial e o outro a organizadores de uma prova de sobrevivência que havia sido realizada por três anos perto da localidade de Villa Castelli.

Reportagem de Mark John; Reportagem adicional de Jean-Philippe Lefief em Paris

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below