Dupla da Mercedes espera batalha na primeira fila na Austrália

sexta-feira, 13 de março de 2015 09:49 BRT
 

Por Ian Ransom

MELBOURNE (Reuters) - Lewis Hamilton espera que o treino de classificação para o Grande Prêmio da Austrália seja outra batalha feroz com o parceiro de equipe Nico Rosberg, após ser desbancando por um décimo de segundo pelo alemão durante treino livre nesta sexta-feira.

A Mercedes conseguiu um começo perfeito para a nova temporada da Fórmula 1, com o vice-campeão Rosberg superando o campeão Lewis Hamilton nas duas sessões, enquanto pilotos rivais sofriam com problemas de resistência dos carros no circuito de Albert Park.

"Imaginaria que vai ser apertado como sempre é", disse Hamilton, usando óculos escuros, a repórteres. "Sempre vai ser entre nós", completou.

Rosberg disse que foi um "grande dia" para a equipe, mas ponderou que ainda precisa achar o "equilíbrio" do seu carro.

A rivalidade entre os companheiros de equipe esquentou o campeonato, mas também levou a perda de pontos em Spa, na Bélgica, no último ano, quando a dupla colidiu em um incidente facilmente evitável.

Hamilton questionou abertamente se poderia confiar no companheiro novamente, mas em Albert Park Rosberg disse que a dupla tem "respeito básico" para manter o relacionamento saudável.

O britânico elogiou a Mercedes como "incrível" por levar um carro rápido para o treino de sexta-feira, mas estava quase triste enquanto falava, como se ter ficado atrás de seu principal rival na abertura da temporada tivesse o machucado.

"Com Lewis está sempre super perto, vai ser uma batalha até o fim, eu acho", disse Rosberg.

 
Nico Rosberg, da Mercedes, em treino livre para o GP da Austrália de F1.  13/03/2015     REUTERS/Mark Dadswell