Chelsea fica no empate e Rooney leva Manchester United a "nocautear" o Tottenham

domingo, 15 de março de 2015 16:58 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Chelsea abriu vantagem de seis pontos na liderança do Campeonato Inglês ao empatar em casa com o Southampton em 1 x 1, neste domingo, enquanto o Manchester United conseguiu talvez a sua melhor exibição sob comando do treinador Louis van Gaal para derrotar o Tottenham Hotspur por 3 x 0.

O Chelsea abriu o marcador com um gol de cabeça de Diego Costa aos 11 minutos, mas sofreu o empate oito minutos depois com um pênalti cobrado por Dusan Tadic, em um bom duelo no Stamford Bridge. Com o resultado, o time ampliou sua vantagem sobre o Manchester City no topo da tabela.

Já o United, tão criticado por apresentar um jogo lento e sem objetivo sob comando do holandês Van Gaal, conseguiu sua melhor atuação com o treinador, arrasando o Tottenham com gols no primeiro tempo de Marouane Fellaini, Michael Carrick e Wayne Rooney. 

Um jornal na Inglaterra publicou uma reportagem neste domingo dizendo que Rooney foi filmado sendo nocauteado pelo amigo e jogador do Stoke City Phil Bardsley em uma luta de boxe na cozinha do jogador do Manchester United.

A resposta bem humorada de Rooney veio na partida contra o Spurs: o craque comemorou seu gol dando alguns socos no ar antes de cair teatralmente no chão, para delírio dos torcedores do United. 

O Chelsea, com 64 pontos, ainda tem um jogo a menos que o Manchester City, que foi vencido pelo Burnley no sábado. 

O Manchester United, com 56 pontos, agora está a um ponto do Arsenal e a dois do rival da cidade, o City, além de ficar cinco pontos à frente do quinto colocado Liverpool. 

A vitória da equipe de Van Gaal tira muito da esperança da equipe do Tottenham de se classificar para a Liga dos Campeões da Europa. Com 50 pontos, os Spurs agora estão atrás do sexto colocado Southampton no saldo de gols, e em situação desfavorável para manter viva a chance de alcançar o G4 da competição.

No Stamford Bridge, a semana traumática para o Chelsea, que fora eliminado da Liga dos Campeões da Europa pelo Paris St. Germain nas oitavas de final e vinha tendo seus atletas duramente criticados pelo comportamento dentro de campo, terminou com ainda mais frustação.    Continuação...