29 de Março de 2015 / às 13:32 / em 2 anos

Vettel surpreende e Ferrari vence na Malásia

SEPANG, Malásia (Reuters) - Sebastian Vettel mostrou novamente que forma é temporária e classe é permanente quando o tetracampeão mundial fez uma atuação impecável para conquistar a sua primeira vitória pela Ferrari, neste domingo, no GP da Malásia.

O triunfo encerrou uma longa seca da mais bem-sucedida escuderia da Fórmula 1, cujo último triunfo havia acontecido no GP da Espanha, em 2013. Esta foi a 40ª vitória da carreira do alemão.

Saindo em segundo no grid de largada, atrás de Lewis Hamilton e sua aparentemente imbatível Mercedes, Vettel e a Ferreri produziram uma aula tática de alto nível para superar o britânico e cruzar a linha de chegada 8,5 segundos à frente do bicampeão mundial.

“O número 1 está de volta, a Ferrari está de volta”, escutou Vettel pelo rádio da equipe assim que recebeu a bandeira quadriculada.

“Obrigado, obrigado. Força, Ferrari”, gritou ele, em italiano, ao celebrar sua quarta vitória em Sepang, circuito que favoreceu a equipe italiana ao longo dos anos com sete vitórias em 17 edições desde 1999.

Companheiro de equipe de Hamilton, Nico Rosberg terminou a prova em terceiro, enquanto o jovem Max Verstappen, de apenas 17 anos, ficou na sétima colocação com a sua Toro Rosso para se tornar o mais novo piloto a marcar pontos na F1.

Vettel parecia uma figura desamparada em sua última temporada pela Red Bull, em 2014, incapaz de conquistar uma vitória e bem longe do ritmo dos primeiros colocados.

Ele concordou em se transferir para a Ferrari no ano passado, substituindo o espanhol bicampeão mundial Fernando Alonso, e a parceria parece que revitalizou tanto piloto quanto equipe.

Terceiro na Austrália, embora bem atrás da Mercedes, Vettel e a Ferrari mostraram real potencial nos treinos livres e no classificatório e foram capazes de levar esse impulso para a corrida.

Quando as luzes se apagaram determinando o início da prova, Hamilton abriu vantagem, mas a corrida virou a favor da Ferrari quando Marcus Ericsson, da Sauber, rodopiou no início da volta quatro e obrigou a entrada do carro de segurança.

Enquanto a Mercedes chamou seus dois carros para o box para colocar pneus duros, Vettel continuou na pista e assumiu a liderança, que manteve até o final da corrida, enquanto a Mercedes tentava de todas as maneiras se aproximar do líder, mas sem sucesso.

“Já faz um tempo desde que estive no lugar mais alto do pódio e, obviamente, a primeira vez com a Ferrari”, afirmou um empolgado Vettel.

“Estou sem palavras. Estou feliz e orgulhoso por hoje. Nós os vencemos de forma justa e hoje é um dia especial – por isso estou emocionado.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below