Renault deve apoiar Toro Rosso, mas não comprá-la, diz reportagem

sexta-feira, 3 de abril de 2015 18:30 BRT
 

(Reuters) - A montadora Renault está mais propensa a usar a equipe de Fórmula Um Toro Rosso para aumentar a exposição da marca do que comprá-la da Red Bull, segundo o consultor de automobilismo da empresa de bebidas energéticas Helmut Marko.

O austríaco disse ao site Formula1.com na sexta-feira que a Renault, parceira do motor para ambas as equipes, se sentiu "subrrepresentada na questão de marketing.

"Há considerações, seja comprar Toro Rosso ou mais provavelmente dar apoio para ter melhor plataforma de marketing. Mas é claro que os números têm que corresponder", disse.

A Red Bull tem como patrocinadora titular a marca de carro de luxo Infiniti, da Nissan, sócia japonesa da Renault.

Renault e Red Bull ganharam quatro títulos de construtores e de pilotos de 2010 a 2013. Mas a parceria ficou mais difícil com a introdução de uma novo motor híbrido V6 turbo em 2014.

A Mercedes surgiu como a melhor equipe com o seu motor claramente acima dos demais.

"Estamos muito atrás da Mercedes. Eles dominam claramente", disse Marko, que vê a situação durar até as regras mudarem.

Renault e Red Bull têm falado sobre a possível saída da categoria, e apontaram o dedo uma para o outra por falhas na pista, mas Marko disse que elas agora já se acertaram.

Marko disse que as duas corridas até agora na temporada foram um alerta para a Renault e eles prometeram uma melhora significativa no desempenho do motor para diminuir a distância em relação à Mercedes.

(Reportagem de Alan Baldwin)