Com estilo, Arsenal goleia o Liverpool por 4 a 1

sábado, 4 de abril de 2015 12:47 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Arsenal deu uma verdadeira lição de futebol ao bater o Liverpool por 4 a 1 neste sábado, mantendo suas pequenas chances de título no Campeonato Inglês e dando um duro golpe nas pretensões do rival que ainda luta para terminar entre os quatro primeiros.

Enquanto a defesa do Liverpool parecia catastrófica em alguns momentos, o ataque do Arsenal brilhava com objetividade e três gols em um período de oito minutos no primeiro tempo, marcados por Hector Bellerin, Mesut Ozil e Alexis Sanchez, e um gol no fim da partida de Olivier Giroud, asseguraram a 10ª vitória dos Gunners em 11 partidas no campeonato.

Com o resultado, a equipe ultrapassou o Manchester City na tabela com 63 pontos, quatro a menos que o líder Chelsea, que agora terá o rival de Londres fazendo sombra embora a equipe de José Mourinho tenha dois jogos a menos.

A tarde vexaminosa dos visitantes ainda contou com a expulsão de Emre Can ao final da partida, e o resultado pode ter significado uma diferença de oito pontos entre o Liverpool e o quarto colocado, Manchester City, caso a equipe de Manchester vença o Aston Villa ainda neste sábado.

Embora a discussão principal antes da partida fosse a respeito do impasse do atacante do Liverpool Raheem Sterling na renovação do contrato, após alguns minutos de partida ficou claro que a dificuldade da frágil defesa dos Reds diante da marcação era definitivamente a questão a ser explorada.

A defesa visitante, composta por três zagueiros, passou os primeiros minutos de partida simplesmente dando a bola de presente para os donos da casa, e a única chance clara de gol dos Reds foi inexplicavelmente desperdiçada por Lazar Markovic, que tentou fazer o passe para Sterling quando estava cara a cara com o goleiro e falhou.

O primeiro gol veio aos 37 minutos, quando Bellerin teve espaço para cortar a marcação na área do Liverpool e acertar um belo chute com efeito, sem chances para Simon Mignolet.

A fragilidade da defesa contrastava com um dado impressionante: o gol de Bellerin foi o primeiro sofrido pelo Liverpool fora de casa após nove horas de bola rolando e seis jogos inteiros saindo do campo adversário sem ter suas redes balançadas.

O Arsenal foi rápido e, dois minutos depois, Ozil fez o segundo cobrando falta, e Sanchez logo marcou o terceiro, com um chute de fora da área.   Continuação...