Djokovic mantém o domínio com vitória sobre Murray na final em Miami

domingo, 5 de abril de 2015 18:08 BRT
 

Por Simon Evans

MIAMI (Reuters) - Número 1 do mundo, Novak Djokovic manteve sua impressionante série de vitórias ao derrotar Andy Murray por 7-6 (3), 4-6 e 6-0 na final do Masters 1000 de Miami, em Key Biscayne, neste domingo.

A vitória aconteceu depois dos títulos de Djokovic no Aberto da Austrália e no Masters de Indian Wells, e garantiu ao sérvio seu quinto troféu em Miami.

Djokovic agora superou Murray em dez partidas seguidas em quadra dura e tem o retrospecto de 18 vitórias e oito derrotas diante do escocês.

O embate foi interessante durante os dois primeiros sets, mas depois que Djokovic quebrou o serviço de Murray no primeiro game do set final, o sérvio não precisou olhar mais para trás e seguiu firme rumo ao título.

Murray começou a partida de forma agressiva na quente tarde de Miami e quebrou o saque do sérvio no terceiro game do primeiro set, mas Djokovic devolveu a quebra logo em seguida e então dominou o tie-break para fechar a parcial.

O segundo set produziu algumas jogadas maravilhosas de ambos os jogadores, mas terminou em favor de Murray, quando, em 5-4, ele quebrou Djokovic, que não conseguiu marcar nenhum ponto em seu game de serviço.

Depois de uma devolução brilhante de uma jogada de Djokovic, que o deixou com o break point, Murray selou o set com um winner cruzado de backhand.

Djokovic perdeu a paciência, levando uma advertência por gritar ao final do set, o que pareceu ter assustado um dos boleiros em quadra.

Mas o sérvio logo controlou sua raiva, para sua vantagem. Ele quebrou o saque de Murray no primeiro game do terceiro set, o escocês por duas vezes mandou a bola na rede nos dois pontos finais, para entregar de bandeja para Djokovic uma vantagem que ele não tinha a menor intenção de deixar escapar.

Cansado, Murray não foi capaz de se recuperar e, depois de perder a final para Djokovic na Austrália e a semifinal em Indian Wells, ele apenas pôde contemplar mais um desapontamento contra o rival.