Chinês invade pista de F1 durante treino e diz que queria pilotar um carro

sexta-feira, 10 de abril de 2015 11:00 BRT
 

XANGAI (Reuters) - Um espectador que invadiu a pista durante os treinos desta sexta-feira para o Grande Prêmio da China na frente dos carros de Fórmula 1 disse que queria pilotar um deles, de acordo com fontes.

Imagens de televisão mostraram o homem disparando pelo retão depois da passagem de um carro e enquanto outro se aproximava a cerca de 260 quilômetros por hora, antes de saltar o muro dos boxes.

Ele foi apreendido em seguida por seguranças e entregue à polícia.

Relatos corroborados por fontes oficiais no circuito dão conta de que ele acenava com um ingresso da tribuna principal e rumava para a garagem da Ferrari. Em chinês, ele explicou que queria dirigir um carro de Fórmula 1.

A segurança do Circuito Internacional de Xangai foi reforçada após o incidente, que aconteceu durante a segunda sessão de treinos do dia.

Invasões semelhantes, embora incomuns, já ocorreram. Um ex-padre irlandês entrou na pista durante o GP britânico de 2003, e um empregado descontente da Mercedes Benz invadiu o circuito de Hockenheim durante o GP alemão de 2001.

(Por Abhishek Takle)