Djokovic supera Nadal e disputa título em Monte Carlo

sábado, 18 de abril de 2015 14:05 BRT
 

MONTE CARLO (Reuters) - O número 1 do mundo, Novak Djokovic surgiu neste sábado como favorito para levar o Aberto da França, após se classificar à final do Masters 1000 de Monte Carlo com um inquestionável 6-3 e 6-3 sobre Rafael Nadal, octacampeão do torneio.

O sérvio, que encerrou o reinado de Nadal nas quadras de saibro do principado na final de 2013, vai enfrentar o tcheco Tomas Berdych, sexto cabeça de chave, que derrotou o preferido local Gael Monfils por 6-1 e 6-4 na outra semifinal.

O jogo testou a condição do terceiro cabeça de chave Nadal, que sonha conquistar o décimo título em Roland Garros.

O espanhol em momento algum conseguiu achar a profundidade ideal de seus golpes para incomodar Djokovic, que avança para vencer o seu terceiro título consecutivo de Masters na temporada, depois de triunfar em Indian Wells e Miami.

"Mesmo quando eu estava uma quebra atrás no primeiro set eu mantive uma mentalidade vencedora", declarou Djokovic em entrevista ainda na quadra. "Eu me mantive focado. Estou em ótima forma, não me sinto cansado."

Nadal não poderia ter começado melhor a partida, quebrando o saque de Djokovic logo no primeiro game e conseguindo um break point no terceiro, salvo pelo sérvio, que devolveu a quebra no quarto game e assumiu o controle do confronto.

O sérvio quebrou o serviço de Nadal novamente e abriu 5-3, quando o espanhol cometeu um erro de forehand incomum. Djokovic fechou o set inicial com um ace e manteve a pressão no segundo.

Nadal estava sempre com um pé atrás, tendo que salvar dois break points logo no início da parcial para permanecer na briga, mas capitulou no sétimo game, concedendo uma quebra decisiva ao mandar um golpe de forehand para fora.

Djokovic venceu a partida no serviço do adversário com um winner de backhand.

Antes, Berdych chegou à final ao vencer Monfils, passeando pelo primeiro set sem ter o seu saque ameaçado sequer uma vez.

(Por Julien Pretot)