Lesão de Benzema abre caminho para Chicharito ser titular do Real Madrid contra Atlético

terça-feira, 21 de abril de 2015 16:30 BRT
 

Por Tim Hanlon

BARCELONA (Reuters) - O atacante Karim Benzema, do Real Madrid, vai perder o jogo de volta pelas quartas de final da Liga dos Campeões, contra o Atlético de Madri, mas sua ausência será um oportunidade de ouro para o mexicano Javier Hernández mostrar seu valor como titular.

"Chicharito" tem tido poucas chances de começar uma partida entre os titulares desde que chegou ao Real, emprestado do Manchester United, mas diante da crise de lesões que vem assolando os atuais campeões europeus, o mexicano se tornou uma das principais opções no ataque para o técnico Carlo Ancelotti.

Com Luka Modric e Gareth Bale descartados por lesão, Ancelotti esperava contar com Benzema, que acabou lesionando o joelho no empate em 0 a 0 com o Atlético, na partida de ida pelas quartas de final.

"Ele se lesionou na terça-feira, fizemos testes na sexta, não pôde jogar, e tentamos que se recuperasse para essa partida. Ele tem uma lesão séria e não se recuperou. Não pode jogar", disse o treinador italiano nesta terça-feira, a jornalistas.

"Temos que conviver com as lesões. Já as tivemos em meses passados, em partidas importantes do ano passado, como por exemplo com Bale, Cristiano, (Xabi) Alonso... Convivemos com elas e não vão afetar nossa confiança. A equipe está bem, confiante", acrescentou Ancelotti.

Hernández era chamado de "super reserva" no Manchester United, marcando gols regularmente ao entrar no segundo tempo, mas no Real Madrid têm sido raras suas chances de atuar em partidas importantes.

"Temos várias soluções para o ataque. Pode ser Chicharito, pode ser Jesé, pode ser a troca de posição de James... James agora está muito bem no apoio, no gol... nos proporciona muitas coisas", disse Ancelotti.

O treinador italiano se mostrou confiante por jogar a segunda partida das quartas no estádio Santiago Bernabéu, embora tenha reconhecido que não será uma disputa fácil.

"O desenho não se modificará... É uma partida tão importante e um momento tão importante que não necessitamos nem nos motivarmos uns aos outros. Devemos ter uma boa estratégia de partida. A motivação e a gana estão no auge, por isso devemos nos concentrar em colocar uma estratégia em campo, como no jogo de ida", destacou o treinador.