Em jogo duro, Nishikori conquista o bicampeonato do Aberto de Barcelona

domingo, 26 de abril de 2015 15:55 BRT
 

BARCLEONA (Reuters) - Kei Nishikori conquistou neste domingo o título do Aberto de Barcelona pelo segundo ano consecutivo com uma dura vitória sobre o surpreendente espanhol Pablo Andujar, com parciais de 6-4 e 6-4.

Foi o nono título do japonês na carreira, que mais uma vez mostrou que melhorou muito sua resistência em quadra ao vencer um jogo muito complicado contra o número 66 do mundo.

"No início da semana não imaginei que fosse vencer o torneio por conta da força dos jogadores aqui, especialmente os espanhóis. Mas agora estou muito feliz", disse Nishikori aos repórteres.

"Eu sabia que Andujar tinha um bom backhand e meu plano era movimentar bastante a bola. E funcionou bem nos últimos games. No último lance eu fechei meus olhos e a bola foi dentro."

Andujar quebrou o saque do adversário no primeiro game da partida, com Nishikori cometendo erros que não costuma cometer, e o placar foi para 2-2 com os jogadores mantendo o saque. 

Nishikori se viu sendo constantemente deslocado por Andujar, que havia vencido o terceiro cabeça de chave David Ferrer nas semifinais, mas, apesar de acumular 13 erros não-forçados, ainda conseguiu quebrar seu oponente em 5-4 para vencer o primeiro set. 

Nishikori seguiu errando no segundo set, e o espanhol abriu 2-0 na parcial, antes de sobreviver a um break point e fazer 3-1.

No entanto, mais uma vez o japonês número cinco do mundo lutou e conseguiu empatar em 4-4. No game seguinte com Andujar sacando, uma dupla falta deu a Nishikori o match point, e um backhand em cima da linha consolidou a vitória. 

Nishikori explodiu no mundo do tênis em 2014, alcançando sua primeira final de Grand Slam no Aberto dos EUA, e agora estará entre os favoritos para vencer o Aberto da França no próximo mês.

Forte no fundo de quadra, ele também é acostumado a jogar no saibro, tendo alcançado a final do Aberto de Madri de 2014, decisão que ele teve de abandonar por conta de lesão contra Rafael Nadal.