Venda do Milan está longe de ser negócio fechado, diz vice-presidente Galliani

terça-feira, 28 de abril de 2015 13:43 BRT
 

MILÃO (Reuters) - A venda do time italiano Milan ainda está longe de ser um negócio fechado, disse o vice-presidente do clube, Adriano Galliani, nesta terça-feira.

"Isso (a venda) é tudo menos uma certeza", disse o dirigente em encontro de acionistas.

De acordo com uma fonte, o empresário tailandês Bee Taechaubol viajou para a Itália para negociar a compra de uma participação no clube, que é de propriedade do ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi.

Berlusconi controla o clube por meio de sua holding Fininvest, que também possui a emissora de TV Mediaset.

(Reportagem de Elvira Pollina)