Técnico do Arsenal acusa Mourinho de falta de respeito

sexta-feira, 1 de maio de 2015 17:31 BRT
 

(Reuters) - Arsene Wenger respondeu nesta sexta-feira às críticas pouco veladas do técnico de Chelsea, José Mourinho, sobre seu histórico no Arsenal, acusando seu adversário de longa data de ter sido desrespeitoso.

Os torcedores do Arsenal cantaram “Chelsea chato, chato” após o empate em 0 x 0 com a equipe de Mourinho no estádio Emirates, resultado que praticamente garantiu o título do Campeonato Inglês para o Chelsea.

O treinador português respondeu dizendo que “chato é não conquistar um título em 11 anos”, referindo-se ao fracasso de Wenger em vencer um tiútulo com o clube do norte de Londres, num jejum que dura desde 2004.

Questionado sobre os comentários de Mourinho, antes da partida de segunda contra o Hull City pelo terceiro lugar da competição, Wenger disse aos jornalistas: “O mais importante para um técnico é respeitar outros técnicos. Algumas pessoas precisam melhorar nisso”.

O treinador francês nunca conseguiu derrotar o Chelsea, em 13 tentativas, e os dois treinadores trocam farpas com frequência.

No ano passado, Mourinho rotulou Wenger um “especialista em fracasso”, e nesta temporada ambos chegaram a trocar empurrões e solavancos na área técnica do Stamford Park.

O Arsenal não perde no Campeonato Inglês desde a derrota de 2 x 1 para o Tottenham Hotspur em fevereiro, mas apesar da boa fase, ainda se mantiveram 13 pontos atrás do Chelsea, praticamente campeão.