9 de Maio de 2015 / às 20:49 / em 2 anos

Nadal enfrentara Murray na final do Masters de Madri após eliminar Berdych

MADRI (Reuters) - Rafael Nadal pareceu um pouco mais próximo da sua velha forma ao arrasar o tcheco Tomas Berdych, por 7/6 (3) e 6/1, neste sábado, e chegar à final do Masters de Madri contra Andy Murray.

Favorito, jogando em casa e tentando o terceiro título consecutivo na capital espanhola, mas ainda buscando o seu melhor jogo e a consistência, ele enfrentará o britânico Andy Murray na decisão de domingo.

Em busca do quinto título em Madri no geral, o terceiro cabeça-de-chave Nadal ganhou um primeiro set apertado antes de se soltar no segundo e vingar a derrota em sets diretos para Berdych nas quartas de final do Aberto da Austrália deste ano.

Nadal havia vencido 17 jogos consecutivos contra o tcheco, sexto favorito, antes de cair em Melbourne, e reconstruiu seu domínio com uma atuação sólida, que incluiu uma série de bolas vencedoras de esquerda, sua marca registrada.

“Tive que jogar em um nível muito alto hoje para ter qualquer chance e eu acho que foi uma das minhas melhores partidas no ano, sem dúvida”, disse Nadal à televisão espanhola.

“Essa semana foi crucial para mim e o fato de estar na final não pode ser melhor, considerando a situação em que eu estava antes do torneio”, acrescentou o atleta de 28 anos.

O natural de Mallorca é um dos favoritos para conquistar o título depois que o número 1 do mundo, Novak Djokovic, desistiu do torneio e Roger Federer perdeu para o australiano Nick Kyrgios na segunda rodada.

PISO FAVORITO

Após sofrer com lesões e doenças, Nadal tenta recuperar a boa forma no seu piso favorito, antes de tentar o décimo título do Aberto da França, em Paris, no final do mês.

Berdych salvou os dois break points que enfrentou no primeiro set, mas perdeu rendimento no tie-break.

Nadal puniu os erros do vice-campeão de 2012 e abriu 5-1 na segunda parcial. Selou a vitória no primeiro match point, com uma devolução longa de Berdych.

Murray deu sequência ao seu título na semana passada em Munique, seu primeiro no saibro, com outra grande demonstração e quebrou o saque do finalista do ano passado Nishikori quatro vezes para garantir a vitória por 6-3 e 6-4 na outra semifinal.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below