Morre segundo jogador belga por ataque cardíaco dentro de campo em duas semanas

segunda-feira, 11 de maio de 2015 10:29 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - O defensor belga da terceira divisão Tim Nicot, de 23 anos, morreu nesta segunda-feira após sofrer um ataque cardíaco durante um amistoso no domingo, na segunda morte do mesmo tipo na Bélgica em duas semanas.

Em um incidente provável de aumentar a atenção para ataques cardíacos de jogadores jovens, o clube Beerschot Wilrijk, da Antuérpia, disse que Nicot morreu no hospital após sofrer um colapso em um torneio pós-temporada depois da promoção para a terceira divisão.

Em 30 de abril, o defensor belga Gregory Mertens, de 24 anos e com passagem pela seleção sub-21 do país, morreu três dias após um ataque do coração durante uma partida pelo time reserva do Lokeren contra o Racing Genk.

"Muito cedo, muito novo", disse o Beerschot em nota sobre a morte de Nicot, após médicos o colocarem em coma artificial. "Ele lutou. Como um urso. Carinhosamente cercado por sua família, apoiado por seus colegas de equipe e muitos amigos", completou.

(Reportagem de Alastair Macdonald)