Van Praag desiste de concorrer à presidência da Fifa para apoiar príncipe Ali

quinta-feira, 21 de maio de 2015 11:10 BRT
 

AMSTERDÃ (Reuters) - O presidente de federação holandesa de futebol, Michael van Praag, desistiu de concorrer à presidência da Fifa na eleição da semana que vem e irá usar sua influência para apoiar o príncipe Ali Bin Al Hussein na disputa, informou o holandês nesta quinta-feira.

“Michael van Praag decidiu retirar sua candidatura para se tornar o próximo presidente da Fifa e somar forças com o candidato presidencial Ali Al Hussein”, informou um comunicado publicado pelos organizadores de sua campanha.

O dirigente acrescentou ter tomado a decisão depois de “ponderar e refletir longamente com as várias partes e interessados envolvidos”.

Com o anúncio de Van Praag, o príncipe jordaniano Ali e o ex-jogador português Luis Figo serão os únicos adversários do atual ocupante do cargo, Joseph Blatter.

Agora as atenções se voltam para Figo. Um porta-voz do ex-meia da seleção de Portugal não foi encontrado de imediato para comentar, embora na quarta-feira tenha negado insinuações de que o ex-jogador, de 42 anos, também desistiria.

 
Presidente de federação holandesa de futebol, Michael van Praag. 04/03/2015 REUTERS/Jorge Adorno