Sterling não vai assinar acordo com Liverpool e não importa o dinheiro, diz empresário

quinta-feira, 21 de maio de 2015 11:32 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O empresário de Raheem Sterling aumentou a repercussão sobre o contrato do jogador com o Liverpool ao dizer que o ponta inglês não vai assinar um novo acordo com o time de Anfield - mesmo por 1,41 milhão de dólares por semana.

O jogador de 20 anos desenvolveu uma reputação como um dos jovens ingleses mais promissores, mas esteve na mira da mídia nos últimos meses por conta da negociação de seu contrato.

O jogador e seu empresário, Aidy Ward, estão prontos para um confronto com o técnico do Liverpool, Brendan Rodgers, e o chefe-executivo, Ian Ayre, na sexta-feira, quando Sterling é esperado para dizer que quer sair do clube.

"Ele definitivamente não vai assinar", disse Ward ao jornal Evning Standard. "Ele não assina por 700, 800, 900 mil libras por semana. Ele não vai assinar", acrescentou.

A relação do jogador com o clube e os torcedores também piorou desde que Sterling deu uma entrevista não-autorizada para BBC, quando negou ser um "mercenário" e disse ser motivado só por ambição.

Relatos da mídia sugerem que o Manchester United, rival do Liverpool, já começou conversas com o jogador - e foi rejeitado -, enquanto Manchester City, Chelsea e Bayern de Munique também foram ligados à transferência.

(Reportagem de Toby Davis)

 
Raheem Sterling chegando para partida contra o Crystal Palace.  16/05/2015 
Reuters / Phil Noble
Livepic