Justiça suíça diz que bloqueou contas bancárias em investigação sobre Fifa

quarta-feira, 27 de maio de 2015 08:30 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - A Justiça Federal da Suíça informou nesta quarta-feira que bloqueou contas em diversos bancos no país após a polícia prender algumas das figuras mais poderosas do futebol mundial nesta quarta-feira em casos de corrupção investigados na Suíça e nos Estados Unidos.

"Na sequência de três pedidos dos EUA de assistência jurídica, a Justiça Federal da Suíça também ordenou o bloqueio de contas em diversos bancos na Suíça, pelos quais os subornos possivelmente passaram, assim como a apreensão de documentos bancários relacionados", informou a Justiça em nota.

A Justiça suíça disse ainda que outra autoridade do futebol procurada foi presa a pedido dos Estados Unidos, e identificou os já presos como Eugenio Figueredo, Eduardo Li, José Maria Marin, Julio Rocha, Costas Takkas, Jeffrey Webb e Rafael Esquivel, com extradição pendente.

(Reportagem de Alice Baghdjian e Joshua Franklin)

 
Hotel Baur au Lac hotel, em Zurique, na Suíça. 27/05/2015 REUTERS/Arnd Wiegmann