27 de Maio de 2015 / às 19:22 / em 2 anos

Fifa suspende dirigentes presos e Blatter promete eliminar irregularidades no futebol

Presidente da Fifa, Joseph Blatter, solta uma pomba durante visita, na semana passada, a um vilarejo da cidade de Ramallah, na Cisjordânia 20/05/ 2015. REUTERS/Mohamad Torokman

ZURIQUE (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse estar determinado a “extirpar qualquer irregularidade no futebol”, depois que sete dos principais dirigentes do esporte foram presos devido a acusações de corrupção por autoridades norte-americanas e suíças nesta quarta-feira.

Blatter, que disputa na sexta-feira a reeleição para a presidência da Fifa, acrescentou que as investigações vão ajudar a reforçar as medidas já tomadas pela entidade.

"Vou ser claro: tal conduta não tem lugar no futebol e vamos garantir que aqueles que se envolvem nisso sejam colocados fora do esporte", acrescentou ele em um comunicado no site da Fifa (www.fifa.com).

A Fifa suspendeu provisoriamente os sete dirigentes presos na quarta-feira de quaisquer atividades relacionadas com o futebol. Entre eles está o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, que foi preso na Suíça.

Reportagem de Ken Ferris

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below