Ex-membro da Fifa admite ter recebido suborno por Copas de 1998 e 2010

quarta-feira, 3 de junho de 2015 18:24 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Um ex-membro do comitê executivo da Fifa disse a um juiz dos Estados Unidos em novembro de 2013 que recebeu suborno ligado às Copas do Mundo de 1998 e 2010, entre outros grandes eventos.

Charles Blazer, cidadão norte-americano que passou duas décadas como uma das autoridades mais poderosas do futebol, declarou-se secretamente culpado de 10 acusações penais em Nova York, como parte de um acordo com promotores norte-americanos, segundo uma transcrição parcial da audiência, divulgada nesta quarta-feira.

De acordo com autoridades norte-americanas, a cooperação de Blazer ajudou a construir um caso de corrupção que levou a acusações contra importantes dirigentes da Fifa e contribuiu para a renúncia do presidente da entidade, Joseph Blatter, na terça-feira.

Além de atuar como membro do comitê executivo de 1997 a 2013, Blazer também foi secretário-geral da Concacaf, órgão que comanda o futebol na América do Norte, Central e no Caribe, entre 1990 e 2011.

(Reportagem de Joseph Ax)

 
Foto de arquivo do ex-membro do comitê executivo da Fifa Chuck Blazer durante Congresso da Fifa em 2011, em Zurique. 01/06/2011 REUTERS/Arnd Wiegmann