Espinha dorsal do Chile chega à Copa América em plena forma, diz treinador

quinta-feira, 4 de junho de 2015 19:13 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - A espinha dorsal da seleção do Chile chega em plena forma para disputar a Copa América em que o país será o anfitrião, diferentemente do acontecido no Mundial do Brasil, disse o técnico Jorge Sampaoli nesta quinta-feira.

O Chile, que busca conquistar seu primeiro título continental pelos pés de uma "geração dourada" de jogadores, contará dessa vez com o meia Arturo Vidal, da Juventus, recuperado de uma lesão, e o talentoso meia Jorge Valdivia, que joga no Palmeiras.

"Hoje, no que diz respeito ao aspecto físico, há uma espinha dorsal da equipe que chega em muito boa forma", disse Sampaoli em uma coletiva de imprensa.

A seleção chilena teve uma participação de destaque na Copa do Mundo disputada no ano passado no Brasil, eliminando a então campeã Espanha e sendo eliminada somente na cobrança de pênaltis pela seleção brasileira.

Sampaoli contará ainda no elenco com o zagueiro Gary Mendel, da Inter de Milão, que no último Mundial jogou quase todas as partidas lesionado.

O Chile abre a Copa América, que será disputada entre 11 de junho e 4 de julho, no jogo contra o Equador, pelo Grupo A.

(Reportagem de Antonio de la Jara)