COI diz que ainda está preocupado com qualidade da água da Baía de Guanabara

segunda-feira, 8 de junho de 2015 15:44 BRT
 

Por Brian Homewood

LAUSANNE (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) ainda está preocupado com a poluição da água da Baía de Guanabara a pouco mais de um ano de o Rio de Janeiro receber os Jogos Olímpicos, disse o presidente da entidade, Thomas Bach, nesta segunda-feira.

O Rio prometeu em sua candidatura olímpica tratar 80 por cento do esgoto lançado na notoriamente poluída baía, que vai receber as provas de vela dos Jogos Olímpicos, mas autoridades do governo estadual reconheceram este ano que a meta não será alcançada.

Em vez disso, os esforços estão concentrados agora nas áreas restritas da baía onde acontecerão as competições olímpicas, e tanto as autoridades estaduais como os organizadores dos Jogos afirmam que a água nesses locais será segura para os atletas.

"Podemos ver um avanço significativo, ao mesmo tempo em que pedimos ao comitê organizador que transmita nossa preocupação com relação à questão da qualidade da água que ainda enfrentamos no Rio", disse Bach a repórteres.

"O comitê executivo do COI está observando a situação muito de perto e estamos esperando mais informações e mais relatórios a tempo da nossa próxima reunião, no próximo mês, em Kuala Lumpur. Estamos nos aproximando dos eventos-teste em agosto e precisamos ver avanços com relação a isso", acrescentou.

"Não sou um especialista em poluição da água, temos que deixar isso com os especialistas para nos dizerem o que é alcançável, e em qual espaço de tempo. Esses especialistas estão nos dizendo que ainda é possível ter essas competições em águas com condições seguras, e nós fomos avisados hoje pelo comitê organizador que essa situação não mudou."

 
Homem com latrina na Baía de Guanabara durante protesto no Rio de Janeiro.  6/6/2015.  REUTERS/Sergio Moraes