Filho de ex-melhor do mundo Weah busca brilho próprio na Copa Africana de Nações

terça-feira, 9 de junho de 2015 10:30 BRT
 

Por Mark Gleeson

(Reuters) - O filho mais velho do liberiano George Weah, ex-melhor jogador do mundo da Fifa, terá a primeira chance de tentar reproduzir a carreira do pai pela seleção da Libéria no início das eliminatórias para a Copa Africana de Nações de 2017, a partir do fim de semana.

George Weah Junior, de 27 anos, tentou sem sucesso atuar em dois dos ex-times de seu pai. Mesmo assim, foi chamado para a seleção da Libéria para a partida de domingo contra o Togo, afirmou a federação de futebol do país nesta terça-feira.

Ele conseguiu uma vaga no time principal, que foi a Gana se preparar para o jogo do Grupo A em Lomé, capital do Togo. Weah Junior nasceu na Libéria mas cresceu nos Estados Unidos, onde jogou em alguns amistosos da seleção sub-20.

Ele atuou no time juvenil do Milan, onde seu pai fez fama, a partir dos 14 anos, mas foi dispensado antes de completar 20 anos. Desde então jogou em ligas menores na Suíça e teve uma rápida passagem pela Grécia.

Suas últimas partidas como profissional foram dois jogos no time reserva do Paris St Germain, no ano passado.

O pai de Weah Junior, hoje com 48 anos, foi eleito o melhor jogador do mundo em 1995.

 
Ex-jogador da Libéria George Weah em entrevista coletiva em Durban. 25/11/2007 REUTERS/Siphiwe Sibeko