Convocado de última hora, Dani Alves se apresenta à seleção para Copa América

sexta-feira, 12 de junho de 2015 14:17 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O lateral-direito Dani Alves apresentou-se nesta sexta-feira à seleção brasileira em Porto Alegre após ser convocado de última hora pelo técnico Dunga para substituir o lesionado Danilo na disputa da Copa América do Chile.

O jogador do Barcelona partiu na quinta-feira da cidade espanhola para São Paulo, e seguiu nesta sexta de manhã para a capital gaúcha, onde a seleção está concentrada antes de embarcar para o Chile. A estreia na Copa América será no domingo, contra o Peru.

"Voltar à seleção sempre é uma honra muito grande, a gente trabalha para isso, para ter boas notícias, para ter grandes oportunidades, e acredito que essa é uma delas", disse o jogador, de 32 anos, em entrevista à CBF TV após a apresentação.

Dani Alves, que já estava de férias após conquistar a tríplice coroa com o Barcelona (Liga dos Campeões, Campeonato Espanhol e Copa do Rei), foi chamado por Dunga depois que Danilo, do Porto, sofreu uma lesão no amistoso de domingo contra o México, vencido pelo Brasil por 2 x 0.

Logo após chegar o jogador participou do último treino da seleção em território nacional antes do embarque, mais tarde nesta sexta, para Temuco, local da partida de domingo contra os peruanos.

"Férias nesse momento não é o mais importante, o mais importante era estar aqui", disse. "A viagem é um pouco cansativa, mas pela seleção brasileira sempre é válido qualquer esforço."

Dani Alves fez parte da seleção brasileira que sofreu a humilhante derrota para a Alemanha por 7 x 1 na semifinal da Copa do Mundo do ano passado, e foi chamado para a Copa América apesar de não ter sido convocado antes por Dunga desde que o técnico retornou ao comando do time após o Mundial.

Ele foi campeão da Copa América de 2007, marcando gol na final sobre a Argentina, sob comando de Dunga, e também jogou o Mundial de 2010 na África do Sul com o mesmo treinador.

(Por Pedro Fonseca; Reportagem adicional de Patricia Avila em Santiago)

 
Lateral Daniel Alves, do Barcelona, chuta a bola durante treino no Estádio Olímpico de Berlim. 05/06/2015 REUTERS/Michael Dalder