No sufoco, Brasil vence Peru por 2 x 1 em estreia na Copa América

domingo, 14 de junho de 2015 21:01 BRT
 

(Reuters) - O Brasil saiu atrás no marcador e precisou de um gol aos 47 minutos do segundo tempo para derrotar o Peru por 2 x 1 na partida de estreia da equipe na Copa América do Chile, neste domingo, com um gol e uma assistência de Neymar garantindo o resultado apesar de uma atuação inibida da seleção.

No primeiro jogo em competição oficial desde a campanha vergonhosa na Copa do Mundo do ano passado, e motivado pela série de 10 vitórias seguidas em amistosos desde o Mundial, o Brasil encontrou no time peruano um adversário mais duro do que esperava e só conseguiu marcar o gol da vitória nos acréscimos da etapa final graças à qualidade individual do camisa 10.

Douglas Costa marcou o gol decisivo após receber a bola livre dentro da área em passe excelente de Neymar, que marcou o gol de empate brasileiro no primeiro tempo depois que o Peru abriu o marcador.

“Toda estreia é difícil, ainda mais numa competição sul-americana, com toda rivalidade entre os países”, disse Neymar em entrevista à TV logo após a partida. “Mas conseguimos a vitória, que é o mais importante”, acrescentou.

Com o resultado da partida disputada em Temuco, no sul do Chile, o Brasil empata com a Venezuela na liderança do Grupo C, ambos com três pontos. Os venezuelanos bateram a Colômbia por 1 x 0 mais cedo neste domingo.

Ao contrário de muitas equipes de menor tradição que preferem se fechar na defesa contra o Brasil, o Peru saiu para o jogo e buscou o ataque, tornando a partida aberta. Logo aos 2 minutos os peruanos abriram o placar, aproveitando duas falhas consecutivas da defesa brasileira.

Pressionado por Guerrero dentro da área, David Luiz recuou a bola na fogueira para o goleiro Jefferson, que, em vez de bater para frente, tentou passar para Dani Alves. Cueva antecipou-se ao lateral brasileiro e bateu firme para fazer 1 x 0.

O empate da seleção saiu apenas dois minutos depois. Neymar iniciou a jogada no centro do campo e comandou o ataque. A bola chegou na direita para Dani Alves, que cruzou na cabeça do próprio Neymar, livre para marcar.

Apesar da maior posse de bola, o Brasil não conseguiu aproveitar as chances para virar o marcador na etapa inicial. Na melhor delas, Neymar teve um chute salvo quase em cima da linha pela zaga adversária.   Continuação...

 
Douglas Costa comemora gol do Brasil com Neymar em jogo contra o Peru.  REUTERS/Ricardo Moraes