Dunga critica árbitro após expulsão de Neymar

quinta-feira, 18 de junho de 2015 07:38 BRT
 

Por Gideon Long

SANTIAGO (Reuters) - O técnico Dunga fez um ataque contundente contra o árbitro Enrique Osses depois que o chileno expulsou Neymar no final do confronto de quarta-feira contra a Colômbia pela Copa América.

A Colômbia venceu a partida por 1 x 0, deixando o Brasil com a necessidade de vencer sua última partida do Grupo C, contra a Venezuela, para garantir a classificação para a fase de mata-mata.

A seleção brasileira jogará a próxima partida sem Neymar, que recebeu um cartão amarelo do árbitro pouco antes do final do primeiro tempo e depois foi expulso após o apito final, quando quase todos os jogadores em campo estavam se empurrando e discutindo próximo ao círculo central. O atacante colombiano Carlos Bacca também recebeu um cartão vermelho e perderá a partida de seu time contra o Peru.

"Nunca é uma coisa boa quando no final da partida estamos falando sobre o árbitro", disse Dunga. "Acho que se você olhar o que aconteceu, incluindo o final, você tem que concluir que tem alguma coisa a ver com o árbitro", acrescentou.

"Houve um problema similar em uma partida do Corinthians quando o mesmo árbitro estava apitando", disse, referindo-se a recente empate do time paulista na Libertadores, quando Osses expulsou dois jogadores do Corinthians em partida contra o Guarani, do Paraguai.

Perguntando sobre como iria se preparar para o confronto contra a Venezuela sem Neymar, Dunga disse: "Vamos pensar sobre isso amanhã... Jogamos uma partida sem Neymar (amistoso com o México antes da Copa América). Teremos que jogar de uma maneira que compense a sua falta".

 
Neymar recebe cartão vermelho do árbitro Enrique Osses ao deixar o campo. 17/06/2015 REUTERS/Ueslei Marcelino