Campeã mundial Sub-20, Sérvia tem futuro brilhante, diz treinador

sábado, 20 de junho de 2015 14:24 BRT
 

BELGRADO (Reuters) - O bravo time sérvio que conquistou a Copa do Mundo Sub-20 com uma surpreendente vitória por 2 x 1 sobre o Brasil na Nova Zelândia neste sábado pode evoluir e fazer da Sérvia uma grande força no nível principal, disse o treinador Veljko Paunovic. 

Participando do Mundial Sub-20 pela primeira vez como nação independente, a Sérvia encantou os torcedores no estádio North Harbour, em Auckland, assim que Nemanja Maksimovic marcou o gol da vitória na prorrogação.

"Eles podem chegar ao topo do mundo e eu te digo que existem muitos bons jogadores nessa geração que vão jogar as principais partidas do mundo nos próximos 10 anos", disse Paunovic ao site sérvio B92. 

"Essa é a vez dessa geração crescer e dizer adeus ao futebol de base, e essa é a melhor maneira de fazê-lo."

"É uma grande conquista, mas a essência é como fizemos. Não é o tipo de futebol em que você domina o adversário o tempo todo, mas nós defendíamos como se o destino da nação estivesse em perigo."

Após perder a primeira partida da fase de grupos para o Uruguai por 1 x 0, a Sérvia avançou para as oitavas com vitórias por 2 x 0 sobre o Mali e o México.

Os sérvios precisaram de prorrogação ou de pênaltis para vencer as quatro fases mata-mata da competição, e mostraram nervos de aço e determinação na final contra uma equipe brasileira certamente mais talentosa e que era favorita para o sexto título mundial.

Os europeus assim iguaral o feito da Iugoslávia em 1987. O goleiro Predrag Rajkovic revelou que tirou inspiração de vídeos que assistiu da equipe campeã há 28 anos com jogadores como Zvonimir Boban, Davor Suker e Predrag Mijatovic.

"O time de 1987 era excepcional e eu acho que nós provamos que somos tão bons quanto", disse Rajkovic, eleito o melhor goleiro da competição, ao site da Fifa.