Conmebol está preocupada com falta de recursos para prêmios da Copa América

segunda-feira, 22 de junho de 2015 19:23 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - A Conmebol está inquieta porque ainda não conta com o dinheiro para pagar os prêmios da Copa América, já que algumas empresas que proveem recursos para a entidade são investigadas pelos Estados Unidos, disse a uma rádio chilena Wilmar Valdez, um dos vice-presidentes do órgão que controla o futebol sul-americano.

Promotores norte-americanos bloquearam as contas de empresas como a Datisa, que conta com os direitos de transmissão de televisão do torneio, em meio ao escândalo de corrupção na Fifa, por isso a Conmebol está pressionada para contar com novos recursos, segundo Valdez.

"Há uma situação real que complica. Há um envolvimento

das empresas que são as principais fornecedoras de dinheiro da Conmebol através da venda dos direitos televisivos e patrocínios", explicou o presidente da federação uruguaia à Radio Cooperativa desde La Serena.

Valdez confessou que se reuniu há alguns dias com o presidente da Conmebol, Juan Ángel Napout, buscando soluções para o problema. Uma destas soluções, afirmou Valdez, é que os patrocinadores entreguem o dinheiro diretamente à Conmebol, sem a intervenção das empresas que detêm os direitos televisivos.

"Estamos tentando com eles alguma fórmula que nos permita resolver estas dificuldades imediatas para ter um plano para o futuro", declarou Valdez.

O campeão do torneio receberá 4 milhões de dólares, o vice 3 milhões de dólares, o terceiro colocado 2 milhões de dólares e o quarto 1 milhão de dólares.

(Reportagem de Rodrigo Charme)

 
Homem guarda seus pertences em armário no centro de imprensa do estádio El Teniente, em Rancagua, no Chile, durante a Copa América. 13/06/2015 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins