Uruguai aguarda recuperação de Cavani após prisão do pai para enfrentar Chile

terça-feira, 23 de junho de 2015 19:28 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - O atacante uruguaio Edinson Cavani tem o apoio da equipe para se recuperar de uma tragédia familiar e assim se concentrar completamente no jogo das quartas de final da Copa América contra o Chile, disse nesta terça-feira o técnico Oscar Tabárez.

Em entrevista coletiva no Estádio Nacional de Santiago, Tabárez não quis confirmar a presença de Cavani, que, no entanto, treinou normalmente com seus companheiros antes do jogo de quarta-feira.

O pai do atacante, Luis Cavani, permanecia detido nesta terça, após atropelar na noite de segunda-feira um jovem de 19 anos que estava em uma motocicleta e morreu horas mais tarde, informaram autoridades judiciais.

O fato gerou rumores de que o astro da seleção "celeste" poderia deixar a equipe e retornar ao Uruguai para estar com sua família. Mas Tabárez disse que nas próximas horas será definida a presença de Cavani na equipe.

"Temos falado com ele para dar todo o apoio... Está afetado, como qualquer pessoa que passe algo semelhante. Vamos deixar as horas correrem para que se adapte à situação", declarou Tabárez.

(Reportagem de Javier Leira e Carlos García)

 
Atacante uruguaio Edinson Cavani controla bola durante treino em Santiago, no Chile, nesta terça-feira. 23/06/2015 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins