Pai de Diego Maradona morre na Argentina aos 87 anos

quinta-feira, 25 de junho de 2015 19:23 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Don Diego, pai do ex-jogador Diego Maradona, morreu nesta quinta-feira aos 87 anos em um sanatório da capital argentina, onde permaneceu durante um mês com graves problemas respiratórios e coronários.

Maradona, que no começo de junho voltou ao país desde Dubai para visitar seu pai, também perdeu a mãe, Dalma, em 2011.

"Eu quero agradecer a todos que foram nota 10 com meu pai sempre. Obrigado aos médicos que fizeram tudo para deixá-lo vivo, mas ele se foi em paz e com todo o nosso amor, de seus filhos, que estivemos todos ao lado dele", disse Maradona em uma mensagem gravada para a imprensa.

Don Diego, um homem humilde e que nunca intercedeu na vida agitada do filho famoso, foi o guia de Maradona em seu início no mundo do futebol.

Aos 9 anos, Maradona começou sua trajetória com a bola em uma equipe infantil que se popularizou como "Los Cebollitas" no bairro de Lanús, onde nasceu.

Nesse bairro, Don Diego dirigiu Maradona no time amador Estrella Roja, que era formado por jogadores que em geral eram mais velhos que o ex-capitão da seleção argentina.

(Reportagem de Luis Ampuero)

 
Ex-jogador argentino Diego Maradona acena ao lado do pai durante jogo entre Boca Juniors e Arsenal, em Buenos Aires, na Argentina. 17/06/2012 REUTERS/Marcos Brindicci