Provas de ciclismo da Olimpíada de Tóquio 2020 são transferidas para fora da capital

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015 10:30 BRST
 

Por Karolos Grohmann

LAUSANNE, Suíça (Reuters) - As competições de ciclismo em pista e mountain bike da Olimpíada de Tóquio 2020 foram oficialmente transferidas, nesta quarta-feira, para o Centro Esportivo de Ciclismo do Japão, a cerca de 120 quilômetros da capital japonesa, após o Comitê Olímpico Internacional (COI) confirmar a mudança.

O comitê executivo do COI em Lausanne confirmou a mudança para locais de competição já prontos para "colocar um foco na relação custo-benefício, sustentabilidade e legado" e poupar cerca de 100 milhões de dólares no processo.

As provas de ciclismo de estrada irão acontecer em Tóquio, com começo e fim no Jardim do Palácio Imperial. O evento de BMX também será na capital, em uma instalação temporária no centro da cidade para 5 mil espectadores.

Os eventos de ciclismo em pista, no entanto, irão acontecer no Centro Esportivo de Ciclismo do Japão, em Izu, junto com os eventos de moutain bike, que acontecerão em uma pista existente ao lado do velódromo.

"A pista contará com o espetacular Monte Fuji no fundo", informou o COI.

A Olimpíada de Tóquio é a primeira a se beneficiar de uma série de reformas no COI aprovadas no ano passado com objetivo de tornar os Jogos mais baratos e fáceis de administrar.

 
Competição de ciclismo em Saitama, Japão.  24/10/2015   REUTERS/Yuya Shino