Chelsea restaura ordem após saída de Mourinho, e Leicester segue em frente

sábado, 19 de dezembro de 2015 16:57 BRST
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O Chelsea começou a era pós-José Mourinho com uma vitória por 3 x 1 sobre o Sunderland, em Stamford Bridge, para se afastar da zona de rebaixamento do Campeonato Inglês, neste sábado, enquanto o Leicester abriu cinco pontos de vantagem na liderança.

Mourinho, demitido na quinta-feira após o Chelsea ter o seu pior começo de temporada desde 1978, teve o seu nome cantado pelos torcedores, enquanto Diego Costa e Cesc Fábregas, que alguns fãs culpam pela fase do clube, foram vaiados.

Algum senso de normalidade foi restaurado no oeste de Londres com Branislav Ivanovic, Pedro e Oscar marcando sob os olhares de Guus Hiddink, confirmado neste sábado técnico interino pela segunda vez, depois de ter desempenhado a mesma função em 2009.

A briga impressionante do Leicester pelo título continuou com a vitória por 3 x 2 sobre o Everton que garantiu que o time passará o Natal no topo da tabela, um ano depois de ocupar a lanterna nessa mesma época.

Dois pênaltis convertidos por Riyad Mahrez e um gol de Shynji Okazaki colocaram o Leicester com 38 pontos em 17 partidas, à frente de Arsenal e Manchester City, que se enfrentam na segunda-feira, com 33 e 32, respectivamente.

O Chelsea, que começou o dia um ponto acima da zona de rebaixamento, subiu uma posição e está em décimo quinto.

O Tottenham aproveitou as falhas do Manchester United e subiu para a quarta posição no saldo de gol, graças à vitória por 2 x 0 sobre o Southampton - gols de Harry Kane e Dele Alli.

O sexto colocado Crystal Palace venceu o Stoke City por 2 x 1, enquanto o Bournemouth conseguiu a terceira vitória seguida, com um gol de pênalti marcado por Charlie Daniels selando a vitória por 2 x 1 sobre o West Brom, que teve James McClean expulso no primeiro tempo e Salomon Rondón, nos acréscimos.