Barcelona recorrerá de multa por bandeiras da independência da Catalunha na Liga dos Campeões

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015 15:45 BRST
 

BARCELONA (Reuters) - Barcelona irá apelar no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) após a Uefa rejeitar um recurso apresentado pelo clube contra uma multa de 40.000 euros imposta pela exibição de bandeiras a favor da independência catalã durante uma partida da Liga dos Campeões em setembro.

A Uefa considera que durante a partida de 29 de setembro contra o Bayer Leverkusen, disputada no Camp Nou, os gritos de independência e as "estreladas", bandeiras da independência catalã usadas pelos torcedores, supõem um descumprimento do regulamento que proíbe a difusão de mensagens políticas em eventos esportivos.

O clube emitiu um comunicado nesta quarta-feira destacando que irá apresentar "imediatamente" um recurso ao TAS.

O Barcelona já havia recebido em julho uma multa de 30.000 euros da Uefa quando torcedores da equipe hastearam bandeiras e cantaram hinos a favor da independência catalã na final da Liga dos Campeões, em Berlim.

(Por Martyn Herman)