Leicester perde do Liverpool, e Van Gaal balança com nova derrota do Manchester

sábado, 26 de dezembro de 2015 16:28 BRST
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O Leicester teve um encontro com a realidade no Campeonato Inglês. Os surpreendentes líderes perderam por 1 x 0 para o Liverpool, neste sábado, depois que o Manchester United chegou a três derrotas seguidas pela liga nacional e colocou o técnico Louis van Gaal ainda mais sob pressão.

O gol de Christian Benteke no segundo tempo garantiu os pontos para o time de Anfield Road e a primeira derrota do Leicester na Premier League desde setembro, quando perdeu para o Arsenal, que pode tomar o seu lugar na liderança do torneio se vencer o Southampton, ainda neste sábado.

O terceiro colocado Manchester City encostou no Leicester ao bater o Sunderland, por 4 x 1, e o Tottenham consolidou seu quarto lugar, com dois gols de Harry Kane na vitória por 3 x 0, em casa, sobre o Norwich.

O Leicester, que deixou de marcar pela primeira vez na temporada e sofreu apenas a segunda derrota, tem 38 pontos em 28 rodadas, à frente do Arsenal, com 36, Manchester City, com 35, e Tottenham, com 32.

Todas as atenções estavam voltadas para o técnico Louis van Gaal, sob muita pressão, no primeiro jogo do período de festas do final do ano, e o Stoke venceu confortavelmente por 2 x 0, no Britannia Stadium, para condenar o United a mais uma derrota.

Os atacantes do Stoke, Bojan Krkic e Marko Arnautovic, fizeram os gols que deixaram o United na sexta posição. O clube perdeu quatro partidas seguidas, em uma única temporada, pela primeira vez desde 1961.

A segunda passagem de Guus Hiddink como técnico interino do Chelsea começou com um empate, em casa, por 2 x 2 contra o Watford. Oscar perdeu a chance de assegurar a vitória para o atual campeão ao desperdiçar um pênalti no final da partida em Stamford Bridge, e o Chelsea continua em 15° lugar.

O Crystal Palace empatou por 0 x 0 com o Bournemouth e tirou o Manchester United do quinto lugar.

No pé da tabela, o Aston Villa empatou por 1 x 1 com o West Ham, e o técnico Rémi Garde ainda aguarda a sua primeira vitória desde que assumiu o cargo no lugar de Tim Sherwood.

Sem técnico, o Swansea venceu pela primeira vez desde outubro, pelo placar de 1 x 0 sobre o West Brom, e saiu da zona de rebaixamento, à frente do Norwich e do Newcastle.