Autoridades fazem batida na sede da Conmebol no Paraguai

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016 19:47 BRST
 

ASSUNÇÃO (Reuters) - Promotores paraguaios fizeram uma batida nesta quinta-feira na sede da Conmebol, entidade que comanda o futebol na América do Sul, como parte de uma investigação sobre lavagem de dinheiro, disse uma autoridade policial a uma rádio local.

O promotor Hernán Galeano liderou a operação no prédio que abriga a sede da Conmebol, nos arredores da capital Assunção, disse o policial Abel Cañete em entrevista á rádio Primero de Marzo.

Dois dirigentes de futebol, um ex-presidente de Honduras e um ex-chefe da Conmebol declararam não ter culpa no mês passado, diante de acusações feitas nos Estados Unidos de que teriam recebido propina em troca de contratos de mídia e marketing em um escândalo global que atingiu o futebol.

Rafael Callejas, que foi presidente de Honduras entre 1990 e 1994 e depois se tornou presidente da federação de futebol local, e Juan Angél Napout, um paraguaio e ex-presidente da Conmebol, foram para os Estados Unidos voluntariamente depois da revelação de seu indiciamento em 3 de dezembro.

Eles estão entre as 41 pessoas e entidades acusadas nos EUA em um esquema de corrupção que jogou a Fifa, entidade máxima do futebol, em uma crise sem precedentes.

(Reportagem de Daniela Desantis)